Saúde 4.0: O que é e porque começar a aplicar?

Com o avanço da tecnologia, as rotinas de clínicas, hospitais e centros cirúrgicos estão mudando consideravelmente. Com o tempo, a digitalização e os processos de inteligências artificiais tomaram conta da medicina, e daí para frente, o conceito “saúde 4.0” surgiu. 

Saúde 4.0 segue a mudança da revolução 4.0, que também é chamada de “colaborativa”, ocorrendo em todos os setores da indústria, trazendo desafios para a população que muda sua forma de pensar e viver.  

Não é de hoje que os seres humanos buscam aumentar a sua longevidade, e a saúde 4.0 possui um aliado interessante para ajudar nesta busca incansável, que pode ser usada na prevenção de doenças através do uso de dispositivo com acesso na internet. 

Parece muito bom, não é mesmo? Para descobrir mais sobre este conceito, basta acompanhar as informações que juntamos com tanto carinho para vocês. 

O que é a Saúde 4.0? 

É a junção de tecnologia e saúde, através da computação pela nuvem e internet nos aparelhos médicos e qualquer outro. O intuito é trazer a melhor experiência, usando celulares, computadores e afins, visando ter melhores dispositivos médicos para prevenir e não remediar as doenças. 

Alguns recursos dentro da saúde 4.0 estão sendo usados ainda hoje, auxiliando hospitais e clínicas. 

Qual a importância da saúde 4.0? 

Possui o objetivo de fornecer os recursos médicos necessários para os pacientes, contribuindo na prevenção de doenças, além de garantir o bem-estar e a qualidade de vida para todos. Isto através da tecnologia, que pouco a pouco está gerando uma revolução focada no tratamento e na cura das doenças. 

O uso da internet pode permitir que os sistemas digitais tenham uma qualidade melhor, trabalhando de forma integrada. Os profissionais podem agilizar os processos com a cooperação em tempo real dos equipamentos, assim, até mesmo salvando vidas mais cedo. 

Um equipamento rápido, fazendo sua função da maneira mais efetiva possível, juntamente de experiência humana, pode mudar o mundo.  

Sobre os dispositivos médicos 

A saúde 4.0 possui uma inovação em diversos equipamentos para elevar a qualidade do diagnóstico de doenças, além da recuperação integral. Tais dispositivos são: 

  • Implantes 
  • Equipamentos de radiografia 
  • Curativos 
  • Camas de hospital 
  • Marca-passos 

A “Aliança Brasileira da Indústria Inovadora em Saúde” já é composta por cerca de 400 empresas que trabalham na produção, importação e distribuição destes produtos e equipamentos. 

Quais os benefícios da saúde 4.0? 

Uma preocupação frequente é se os médicos ficariam mais distantes dos pacientes, mantendo aquela distância chata. Muitas vezes precisamos de atenção humana, e ficar sempre ao lado de máquinas ou sem contato com os médicos, pode gerar menos confiança. De fato, seria preocupante, mas se você acredita que o avanço da saúde 4.0 deixaria o contato com os profissionais da saúde ainda mais frio, está enganado. 

A tecnologia é e sempre foi uma forte aliada no atendimento humano, que é um dos objetivos de toda instituição médica que deseja entregar o melhor serviço aos pacientes. O contato entre paciente e médico gera mais tranquilidade. Muitas vezes, a saúde daquela pessoa está comprometida, e a conversa real com um médico pode aliviar as preocupações. 

Com um dispositivo de gestão, com a função de agilizar todos os processos, o acesso às informações do paciente, o tempo da consulta destinado para investir em uma relação harmoniosa é muito maior. O profissional poderia passar mais tempo com o paciente, sem precisar gastar minutos ou horas com pastas de papel. 

Com atendimento bom, agilidade, tratamentos eficazes, diagnósticos precisos, qualquer um ficaria mais seguro, o que é excelente. A adição da tecnologia não significa distância humana, mas sim, uma aproximação com recursos mais rápidos e precisos. 

Como incluir a saúde 4.0 na sociedade? 

Com a chegada deste novo fenômeno, todas as instituições precisam se preparar ao máximo para a adaptação, afinal, a fase de mudança dos procedimentos manuais para os digitais causa impactos diretos nos métodos e equipamentos normais. São positivas e trazem muitos benefícios, com tratamentos mais eficientes e aumento da produtividade. 

Ela está revolucionando a medicina, com recursos como IoT na saúde (internet das coisas), inteligência artificial e cloud computer. Este grande conceito representa a junção definitiva entre tecnologia e saúde, disponibilizando diagnósticos mais precisos, maiores chances de recuperação do paciente e melhorias consideráveis em sua qualidade de vida. 

Softwares Médicos 

É possível ter toda visualização de dados de qualquer paciente, de forma rápida, precisa e por meio de aparatos eletrônicos como celulares, tablets ou notebooks e softwares médicos. Esta vantagem se dá pelo uso dos sistemas de gestão hospitalar e prontuários eletrônicos. 

Assim, caso ocorra alguma emergência, o médico pode tomar uma decisão mais rápida e com maiores chances de acerto. Nas consultas normais, verificar o histórico do paciente fica mais fácil, garantindo um diagnóstico eficaz e preciso. 

Guest post produzido pela Up Sites.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *