Por que eu devo me vacinar?

Sem as vacinas, corremos o risco de contrair doenças graves e incapacidades devido a doenças como sarampo, meningite, pneumonia, tétano e poliomielite. Muitas dessas doenças podem ser fatais. A OMS estima que as vacinas salvam entre 2 e 3 milhões de vidas todos os anos.

Embora algumas doenças possam ter se tornado incomuns, os germes que as causam continuam a circular em algumas ou todas as partes do mundo. No mundo de hoje, as doenças infecciosas podem facilmente cruzar fronteiras e infectar qualquer pessoa que não esteja protegida

Duas razões principais para ser vacinado são para nos proteger a si próprio e proteger aqueles que nos rodeiam. Como nem todos podem ser vacinados – incluindo bebês muito novos, aqueles que estão gravemente doentes ou têm certas alergias – eles dependem de outras pessoas serem vacinadas para garantir que também estejam protegidos contra doenças que são evitadas pela vacina.

Quais doenças as vacinas protegem? 

As vacinas protegem contra muitas doenças diferentes, incluindo:

  • Câncer cervical
  • Cólera
  • Difteria
  • Hepatite B
  • Gripe
  • Encefalite japonesa
  • Sarampo
  • Meningite
  • Caxumba
  • Coqueluche
  • Pneumonia
  • Poliomielite
  • Raiva
  • Rotavírus
  • Rubéola
  • Tétano
  • Tifóide
  • Catapora
  • Febre amarela

Algumas outras vacinas estão atualmente em desenvolvimento ou sendo testadas incluindo aquelas que protegem contra Ebola ou malária, mas ainda não estão amplamente disponíveis em todo o mundo. A vacina para a Covid-19 também já foram desenvolvidas, testadas e aprovadas e já começaram a ser utilizadas na maioria dos países. 

Nem todas essas vacinas listadas acima podem ser necessárias em seu país. Algumas podem ser indicadas para tomar apenas em caso de viagem para áreas de risco ou para pessoas em ocupações de alto risco. Não é o caso da vacina para Covid-19 que é altamente recomendada que seja tomada pelo máximo de pessoas possíveis. Converse com seu profissional de saúde para descobrir quais vacinas são necessárias para você e sua família.

Minha filha deve ser vacinada contra o papilomavírus humano (HPV)? 

Praticamente todos os casos de câncer cervical começam com uma infecção por HPV sexualmente transmissível. Se administrada antes da exposição ao vírus, a vacinação oferece a melhor proteção contra essa doença. Após a vacinação, reduções de até 90% nas infecções por HPV em adolescentes e mulheres jovens foram demonstradas por estudos realizados na Austrália, Bélgica, Alemanha, Nova Zelândia, Suécia, Reino Unido e Estados Unidos.

Em estudos, a vacina contra o HPV demonstrou ser segura e eficaz. A OMS recomenda que todas as meninas de 9 a 14 anos recebam 2 doses da vacina.

Conheça o I-Vigilant para monitoramento de temperatura de vacinas.

 

Fonte: Organização Mundial da Saúde

https://bit.ly/2XPy1aR

Deixe seu e-mail e receba conteúdos exclusivos

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *