7 dicas para abrir um consultório de sucesso

Quer abrir um consultório de sucesso, mas não sabe por onde começar? Em um mercado cada vez mais competitivo, os profissionais da área da saúde precisam ficar atentos ao que funciona e o que não é mais válido na hora de ter um consultório e fazer a captação de pacientes. Por isso, confira neste post, as 7 dicas para abrir um consultório de sucesso.

Nos últimos anos, os consultórios médicos cresceram no Brasil, o que aumentou a competitividade do setor, o que traz mais desafios, mas também melhora as oportunidades e permite inovar. 

Com isso, quem ganha é o paciente, que tem cada vez mais opções de qualidade para receber atendimento médico e ter acompanhamento de sua saúde, e também os profissionais que atuam de forma inovadora, atraindo mais pacientes para o seu consultório. 

Como abrir seu próprio consultório?

Para abrir um consultório próprio é necessário cumprir algumas etapas, como a obtenção de licenças em órgãos públicos, como alvará de funcionamento, autorização do corpo de bombeiros, licença da vigilância sanitária, CNES e também o certificado da LIMPURB.

Quanto custa abrir um consultório médico?

O custo para abrir um consultório médico varia de acordo com diversos fatores e especialidade médica. Os valores podem variar bastante, a partir de 100 mil, em média para um consultório inicial e passar de 800 mil, conforme o tamanho, quantidade de profissionais, equipamentos e estrutura necessária. 

Não se esqueça de consultar um contador para ajudar nesta etapa, pois o planejamento contábil e tributário é essencial para todos os tipos de empresas, inclusive para os consultórios médicos. 

Como abrir consultório pessoa física?

consultório

Para abrir um consultório pessoa física, é preciso dos documentos pessoais, como comprovante de residência, RG e CPF. O registro é feito no próprio nome

Confira agora, nossas 7 dicas para abrir um consultório de sucesso.

1. Escolha um local adequado

O local faz toda a diferença na hora de abrir um consultório de sucesso, pois é necessário que ele seja de fácil acesso aos pacientes e que ofereça as comodidades para garantir um bom atendimento. 

Se o público-alvo do seu consultório utiliza mais transporte público para chegar até o local, é preciso escolher um imóvel que fique perto desses transportes, facilitando o acesso. 

Agora, se o público é variado, além de pensar nos transportes públicos, é necessário também pensar se o local fica perto de vias de acesso a veículos, que ofereçam segurança e, dependendo, até estacionamento próprio. 

Caso o consultório seja para atender público com poder aquisitivo maior, é necessário que o local seja em um bairro nobre da cidade, com todas as comodidades para atender as exigências desses pacientes. 

2. Verifique a estrutura necessária

Verificar a estrutura necessária é outro ponto importante para abrir um consultório de sucesso. 

Assim, verifique os equipamentos necessários, quantidades de salas, e outros itens que fazem parte da estrutura de um consultório do mesmo segmento e com as mesmas características que pretende abrir o seu. 

Depois de definir a estrutura e outros pontos importantes, já é possível iniciar a montagem. Os recursos necessários para cada etapa da obra devem ser verificados com antecedência, para evitar atrasos na entrega do consultório. 

Um consultório bem construído, com decoração moderna e bem cuidado transmite mais segurança e conforto para os pacientes, que verificam esses pontos depois da consulta, sendo uma forma de fidelização,

3. Tenha um planejamento de custos

O planejamento de custos também não deve ser menosprezado na hora de abrir um consultório. Saiba quanto é preciso para abrir um consultório conforme o tipo e nível de estrutura desejada.

Alguns custos são comuns e devem ser colocados no planejamento do consultório, como os que são recorrentes, chamados de custos fixos, como:

  • Aluguel do imóvel do consultório
  • Folha de pagamento dos colaboradores
  • Conta de consumo da energia elétrica
  • Conta de consumo de água
  • Internet

Lembre-se: a legalização de uma empresa envolve diversos custos que não podem ser ignorados durante o planejamento, alguns deles são: 

  • Alvará de funcionamento solicitado na prefeitura
  • Licença da Vigilância Sanitária
  • Certificado da Autoridade Municipal de Limpeza Urbana
  • Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNS)

4. Separe a documentação necessária

Abrir um consultório envolve também uma parte burocrática que precisa ser realizada corretamente. Por isso, separe a documentação exigida para abrir esse tipo de estabelecimento. 

Para evitar transtornos, a documentação também deve ser separada com antecedência, evitando que o consultório seja impedido de funcionar devido a falta de algum documento necessário. 

5. Defina seu público-alvo

 O público-alvo da clínica também precisa ser definido com antecedência, afinal, é a partir dessa definição que outras ações podem ser decididas, desde o local que a empresa será instalada até a infraestrutura necessária para atender os pacientes. 

Atender pacientes requer todo um cuidado específico e, ao definir o público-alvo é a garantia que o consultório atenderá as necessidades dos pacientes. 

6. Monte a sua equipe

Para abrir um consultório de sucesso, é necessário contar com profissionais competentes para fazer parte da equipe. Assim, faça a seleção com bastante antecedência para começar o atendimento.

O ideal é verificar com outros colegas que já possuem um consultório e saber quais são os profissionais essenciais para ter em sua equipe. 

Para montar a equipe, você pode escolher tanto contratar por indicação de outros profissionais, quanto utilizar as seguintes formas de contratação:

  • Divulgação de vagas em portais de emprego
  • Realizar testes de personalidade, habilidades e entrevista
  • Verificar se o profissional lida bem com a tecnologia

Atualmente, os profissionais precisam ter noções em outras áreas que vão além da saúde, seja a equipe de médicos e profissionais da saúde, ou do administrativo e operacional, dominar a tecnologia é essencial para que o dia a dia no consultório seja realizado com dinamismo e segurança. 

Dessa forma, todos os que fazem parte da equipe devem saber utilizar as ferramentas tecnológicas necessárias para desenvolver suas atividades laborais. 

7. Faça o planejamento financeiro do consultório

Fazer o planejamento financeiro do consultório também é necessário. Para isso, tenha um fluxo de caixa organizado, faça a categorização dos gastos e o acompanhamento contínuo da parte financeira do consultório e evite transtornos e imprevistos. 

Agora que já sabe como abrir um consultório de sucesso, siga as nossas dicas e nos acompanhe para ficar sempre por dentro de novidades e conteúdos. 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *